Estratégico Mayhem – A Primeira Batalha › Jogos Grátis Online

Estratégico Mayhem – A Primeira Batalha


Estratégico Mayhem – A Primeira BatalhaDescrição Do Jogo

Estratégico Mayhem – A Primeira Batalha, Estratégico Mayhem – A Primeira Batalha gratis, jogos de corrida e Estratégico Mayhem – A Primeira Batalha, Estratégico Mayhem – A Primeira Batalha Jogo

mas continua a ser teu pai. Não ele, mas Kai. Não. Tens fome? Não. Talvez só uma. Você não foi o unico que mentiu. Eu não queria que ele viesse sosinho sem comer. Eu estava preocupado contigo. Que fica-se com fome? Não, estava preocupadoque o Po fica-se longe de mim . Eu faria o quê? Eu sei..fui idiota. Agora eu sei que Po tem a sua vida, que não pode ter comigo. Isso significa mais para o Po. Eu não pertenço á vida dele. Não mais. O teu filho estava com raiva de ti. Bem-vindo à paternidade. Tu não entendes. Eu menti para ele. Ele nunca me vai perdoar. Eu menti para ele durante anos. Ele ainda pensa que saiu de um ovo. Às vezes fazemos as coisas erradas, pelas razões certas. Olha, ele está magoado. Ele está confuso, e ainda deve salvar o mundo. Ele precisa de ambos os pais. Isto não está a funcionar. Tem que funcionar. Não estás a pensar bem. Estou. Não. Estou. Eu vi o Kai, sei o que ele pode fazer. Mas ele não viu o que eu posso fazer. Estás a segurar o meu dedo? É o meu melhor movimento. Tenho que apanhar o Kai, segurar dedo dele, depois mandar de volta ao reino do espírito. Ele tem um exército de Jades. Tudo o que eles vêem, ele vê. Não podes passar por cima dele. Não vais chegar perto dele o suficiente. Vai funcionar. Ela só pode ser derrotado por umMestre “chi”. Pareces o Shifu. Este Chi e Chi aquilo chi aquela radio Eu não sou o Mestre Chi . Eu não sei se eu sou um Guerreiro Dragão. Eu não sei se eu sou um Panda. Eu não sei quem eu sou. Tens razão. Eu não posso derrotar o seu exército. A menos que tu mesmo tenha um exército. Tu? Não estou sozinho. Nòs. Todos nós. Finalmente encontrei o meu filho. Depois de todos estes anos. Vai ser preciso o fim do mundo para nos separar. Não sabes Kung Fu. Então radio tu ensinas. Eu não posso te ensinar Kung Fu. Eu poderia aprender sem a Tiger Kung Fu. E ela já sabe Kung Fu. Po, eu sou a tua última pessoa em que podes confiar. Mas, acredita em mim. Podemos fazer isso. Podemos aprender Kung Fu. Podemos assim como tu. O que acabas-te de dizer? Podemos fazer isso. Podemos


Comentários