Grand Prix De Gestão › Jogos Grátis Online

Grand Prix De Gestão


Grand Prix De GestãoDescrição Do Jogo

Grand Prix De Gestão, Jogos de corrida e Grand Prix De Gestão Qualidade Para Jogar

Jogos jogos, espere! Por que não nos esperou? Esperar para quê? Queremos fugir antes que venham atrás de nós. Algo impede vocês? Qual o problema com você? Isso aconteceu com todos. Quer que eu mostre o caminho? Sim! Você nos mostra o caminho, e nós o seguimos, todos juntos. Juntos, hã? Eu posso entender o Sr. jogos. Afrontamos sua dignidade e um homem precisa dela. Pedimos pra ele não vir conosco. Agora ele diz que não nos quer. Agimos contra a sua moral. É justo, mas cruel. Você não tem mais pressa, hã? Não, não tenho. Você pode vir e nos seguir, mas sem o alforje e a arma. Achei que mencionaria isso. Esqueceu de algo o dinheiro. Um esquecimento tolo para um homem que pensa em tudo. Eu estava meio ocupado. Ele quer o meu dinheiro, e aqui não há lei que o impeça. Seu dinheiro? Você matou índios de fome em San Carlos por esse dinheiro, e agora o quer. Enquanto isso, Grimes tem o tempo que precisa. Chega disso, temos que andar. Para quê andar? Por que não ficar aqui e acabar com isso? Acabar? Quer dizer matá-los? Se pegarem você o matarão. Não fizeram isso antes, por que fariam agora? Eles vão ficar sem água, você dará a sua? Então, vão lhe matar por ela. E se não quisermos, e aí? Você, fique calado. Você pode ir para onde quiser, mas se for, deixe o alforje e a arma aqui. Você não é um líder que inspire muita confiança, Sr. jogos. E se os outros disserem não a você? Aí você poder mostrar o caminho. É frigideira ou fogo, mas pelo menos jogos sabe o caminho. Todo mundo fique aqui. Você tem algo a fazer, garoto. Vigie-o. Ele pode partir até eles chegarem. Depois disso, não. Se ele sair sem nada, atire vez. Se ele pegar o dinheiro, atire . E se ele pegar a água esvazie a arma. Entendeu? Não entendo nada disso. Mendez, vamos tentar pegá-los? Vou tentar. Bem ali. Use a espingarda primeiro, quando estiverem perto. E entenda perto como o suficiente para tocá-los, daí o revólver, se precisar. Estarei ali. Onde? Bem ali. Pois se um de nós não acertar, o outro o fará. Acerte em algo, Mendez. Primeiro os homens, depois os cavalos.


Comentários