Ímpios piloto › Jogos Grátis Online

Ímpios piloto


Ímpios pilotoDescrição Do Jogo

Ímpios piloto, Ímpios piloto gratis, jogos de corrida e Ímpios piloto, Ímpios piloto Jogo

Claro que vai se responsabilizar. Deveria ensiná-los a respeitar os demais. E a tolerar também. A tolerância deve ser recíproca. Eu não gosto da palavra “tolerância”. Meu filho não deve ser tolerado, ele deve ser aceito como é. Terminamos? Não se preocupe demais. Ninguém liga para a Messina. Mas ela é professora do Lorenzo. Que encheção de saco! Como está a Miriam? Bem, já está de cinco meses. Mande lembranças. Claro. Tenho que ir. Tchau. Agradeço seu apoio. Imagina. Tchau, Lorenzo. Pode pintar as unhas sempre que quiser. Se os professores disserem algo, você me avisa. Combinado? Stefania? Tudo bem. Estamos chegando. Tchau. Não mudou o toque? É muito, muito moderno. Obrigado. Sou o único da fábrica que tem esse. Posso te fazer uma pergunta? O que quiser. Por que você e a Stefania me escolheram? Como assim? Você sabe, no abrigo tinham crianças menores. Menores e mais fáceis. A Sra. Rosato disse que aos anos… Sim, ela disse o mesmo para nós. Que todos querem os pequenos. Também nos contou o que você passou com os outros pais. E depois mostrou uma foto sua dançando na sala de reuniões. Com que roupa eu estava? Com um macacão amarelo. Foi ano passado. Estava interpretando “Glee”. Não sei o que estava fazendo… mas eu gostei. Lorenzo, eu não tenho medo. Não precisa me testar. Digo o mesmo. Ótimo. Olá. Oi, Stefania. Tudo bem? Tudo ótimo, não é? Me deixe ver suas mãos. Sim, mas o preto parece sujo, eu optaria por outra cor. Rosa é muito previsível. Era o que esperavam de mim. Caramba! Cara Sra. Coroni, lamentamos informá-la que sua história não se enquadra na nossa linha editorial. Cordiais saudações. Bom dia. Bom dia, como vai? Bem. Acho que tomei muito café hoje cedo. E também fumou demais. Está fedendo. Pode ser lasanha ao molho branco? Sim, pode. Luca já voltou? Ainda não. Hoje de manhã fiz um bom trabalho. Escrevi duas páginas inteiras. Acho que estão boas. Consegui até relê-las! E como vai o colégio? Bem. Te contei que entrou um garoto novo? Lorenzo. Depois você me conta, vou checar a correspondência. Vamos cruzar os dedos! “Minha cara Blu, talvez quando for maior pensará na época em que seus pais cuidavam de você, te protegiam, te defendiam das decepções e das dificuldades da vida. Bem, isso significa que não se lembra realmente. Eles não te protegiam de nada. Te amavam, mas não te protegiam. Não era culpa deles, é só que não conseguiam. Não conseguiam com você, nem com seu irmãozinho idiota. Estou me lamentando? Não, não estou. Tenho certeza que foi uma grande lição. Certo? Aprendeu a não esperar nada durante os anos do colégio. Aposto que conseguiu o que queria da vida. Não é, Blu? Não é verdade que anos depois recuperou tudo com juros?” Vou fazer café para você, depois poderá estudar. Oi, pai. Oi. Quer comer frango? Não, obrigado, já comi. Vou me deitar que amanhã ficarei no turno da noite. Eu comprei flores. Quero ir antes de escurecer. Então me acorde. Se quiser dormir, vou sozinha. Não quero pedir ao Antonio. Me acorde e iremos. ODEIO O LORENZO SEUS MERDINHAS, UM DIA TRABALHARÃO PARA MIM. Lorenzo! Lorenzo, saia. Lorenzo!


Comentários